Arquivo da categoria: viral

Consumidor usa internet por justiça frente à United Airlines

Os produtos lowcost estão se proliferando no mercado lançando  junto com eles a dúvida de como construir uma marca dentro da filosofia de preço, respeitando e criando laços com o consumidor. Ainda quero fazer esta reflexão aqui, mas enquanto isso, falemos um pouco das líderes deste movimento, as companhias aéreas.

Passando este ano em ponte aérea Madri – Barcelona e tentando fazer vários roteiros para aproveitar este tempo na Europa, vivi de perto o drama lowcost do consumidor.

Primeiro em primeira pessoa. A Vueling, empresa lowcost que tentou criar uma ponte com o consumidor com uma imagem descolada, funcionários atenciosos e plano de milhagem, foi com certeza minha pior decepção. Depois de uns 20 trechos voados com a empresa pelo menos, tudo que tenho para contar são histórias tristes: cancelamento de um vôo sem avisar, junto com uma resposta de que me enviaram inclusive um torpedo avisando ao telefone do meu marido (o que nunca aconteceu) e que me fizeram um favor em alocando em outro vôo no dia seguinte sem nenhuma assistência. Mais uma promoção do meu programa de milhagens em que o preço das taxas que eu teria que pagar era o mesmo que comprar uma passagem livre, uma não devulação de vôo não ocorrido por conta da neve, prevista no regulamento do setor, e uma propaganda enganosa em que eu teria descontos para mim e acompanhantes na próxima viagem, que só valiam para mim.

As última cenas antes de vir para Londres me pareceram ainda mais sérias. Num vôo entre Madri e Alicante da Ryanair, eu e Arnaldo tivemos que carimbar o bilhete de check in para conferir nosso visto antes de viajar dentro da própria Espanha, sendo que tinhamos em mãos nossa identidade de residência de estudos. Outro passageiro, europeu, que também tinha residência foi impedido de viajar dentro da própria Espanha por não estar com passaporte em mãos. E só para completar o desespero assisti a negação do vôo de uma menina estrangeita pela empresa EasyJet, que já tinha sido autoriza pela polícia federal local para viagem porque seu documento estava com data vencida, porque a Easyjet não reconhecia o documento da Estrangeria Espanhola autorizando o trânsito.

Eu poderia dizer que são histórias de lowcost,  e  histórias que se passam na Espanha, mas parece que esta aceitação de queda da qualidade de atendimento invade outras empresas e não vejo nehnhum órgão de defesa do cosumidor atuando.

Nos EUA, a empresa United Airlines, num verdadeiro desprezo pela bagagem dos passageiros quebrou a guitarra de uma banda. E não foi só isso, enrolou o passageiro um bom tempo sem reparar o dano. A banda não deixou por menos e respondeu com as ferramentas que tinha: música e internet.

Depois da repercussão da história a empresa ofereceu ressarcimentos.Veja a história:

Este é o futuro do atendimento que teremos daqui para frente com as companhias aéreas? O lowcost tem viabilidade dentro de padrões de respeito e atendimento ao consumidor? Em breve…

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em comportamento, experience, marca, produtos, publicidade, viral

Manifestações da Primavera

Finalmente as temperaturas mais altas chegaram. Não posso nem reclamar muito porque estou na Espanha, que não chega nem aos pés do frio que faz mais ao norte, mas confesso que esperava o calorzinho faz tempo. Estava cansada de me sentir uma “cebola” com tantos casacos.

Com a primavera, chegaram também as primeiras manifestações de alegria pela temporada. A cidade de Granada (Andaluzia) na última sexta-feira organizou um super botellón (de botella=garrafa) com 25.000 jovens reunidos para beber em praça pública todo o dia.

fardatxetwordpresscom

fardatxet.wordpress.com

A prefeitura até designou um lugar para os tradicionais botellones organizados pelos jovens da cidade , carinhosamente chamado de botellodromo, muito coibidos pela polícia nas cidades espanholas, onde é proíbido beber na rua. Os jovens ou chavales (como são chamados os adolescentes) não deixam por menos, organizam sempre reuniões entre amigos por aí (óbvio, não?) e são sempre assuntos dos telejornais. E para estes eventos grandes fazem toda a convocatória por internet.

Hoje é dia de evento em Sevilha, que não quer deixar por menos, querem bater o número de pessoas reunidas em Granada.

Deixe um comentário

Arquivado em comportamento, entretenimento, espaços urbanos, movimento social, sevilla, viral

Invaders em Paris

Andando (MUITO) por Paris é difícil não se deparar com invaders-www.space-invaders.com, já mencionados aqui em outro post, pelas ruas esquinas.

invader-1-opera1

Aqui perto do Opera.

invader-2-saint-honore

Na rua Saint Honoré

invader-3-bastilha

Perto da Bastilla

invader-4-montmatre

e em Montmartre.

Deixe um comentário

Arquivado em arte, arte de rua, espaços urbanos, experience, inovação, paris, viral

E eles estão entre nós

Fotos de Barcelona.

n1012986718_224292_6683

n1012986718_224293_6935

Crédito: Fany.

1 comentário

Arquivado em rede social, viral

Em novembro deixe crescer o seu bigode

Movember (november + moustache) é um movimento criado desde 2003 por uma organização com base na Austrália, a “Movember Foundation”. O objetivo deles é alertar as pessoas a respeito das doenças que afetam os homens e despertar um interesse neles a respeito de sua saúde, principalmente em relação ao câncer de próstata.

Com eventos principalmente na Inglaterra, Austrália, Nova Zelândia, Canadá, Estados Unidos, Espanha e Irlanda e muitas festas, o pedido é “Deixe crescer o seu bigode, peça donativos e celebre o movember”. Em cada uma destes países há organizações envolvidas nestes temas que recebem as doações do movimento.

No site você pode se tornar um embaixador “MoBros ou Sistas” da causa e ter dicas de como organizar um grupo de apoio no seu país ou cidade, estimulando a proliferação em redes sociais. 
Aqui na Espanha eles até criaram um cartaz com diversos tipos de bigode para ajudar na hora de escolher o estilo.

 

styleguide4

Veja um vídeo do movimento nos EUA:

E na Austrália:

Mais eventos e detalhes: www.movember.com

3 Comentários

Arquivado em entretenimento, experience, rede social, viral

Linguagem binária para arte de rua

“Looking at Art in a Gallery is Like Looking at Animals in a Zoo.”

Esta frase tirada do site do Jetset Graffiti pode ajudar bem a definir qual é o objetivo destes artistas urbanos, os Space Invaders, que usam o gratife para invadir ruas e espaços urbanos pelo mundo afora. Uma das manifestações mais diferentes são as composições de códigos digitais a la 80’ videogames.

invaders nova york

invaders nova york

Eles inclusive criaram mapas onde você pode localizar os “invaders” e explorar a cidade partir deles. 

mapbck2

No vídeo abaixo um artista fala sobre sua expressão artística.

Outro link interessante é o Wooster Colletive, fonte da obra abaixo:

Store Trek

Store Trek

Do artista: “Inspired by two predictions of our future as the Human Race – ‘Space Tours’ and ‘Food Wars’ – one for the rich , and one for the poor .”

1 comentário

Arquivado em arte, arte de rua, espaços urbanos, inovação, viral